a idade da loba

Definitivamente, estou na idade da Loba. Balzac já ficou pra trás. Prova disso é este blog. Por exemplo, se eu tivesse menos de 30 anos, estaria fazendo um vídeo. Mas depois dos 40, melhor mesmo é escrever. O que é bom, de verdade. Porque eu sou muito prolixa quando conto uma estória, adoro descrever mil detalhes que não fazem a mínima diferença pro enredo. E todos os meus amigos podem atestar isso. É que eu amo falar! Já na hora de escrever, eu gosto mesmo é de terminar rápido. Não tem explicação, só sei que #lánaPatilandia é assim.1907676_10152221091446723_6464917997838122694_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *